Em Palmas

Prefeita assina contrato no valor de mais de R$ 108 milhões para realizar obras de infraestrutura na Capital

21/02/2020 17h45 - Atualizado em 21/02/2020 17h53
Foto: Edu Fortes
Durante seu discurso, a prefeita Cinthia Ribeiro enalteceu todo o trabalho da gestão para que esse momento chegasse

A manhã desta sexta-feira, 21, ficará lembrada como um marco para a cidade de Palmas, com a chegada de novos ares. Em cerimônia que reuniu gestores, políticos, empresários e a comunidade em geral, a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria de Infraestrutura de Palmas, representada pelo secretário Antônio Trabulsi, assinou os contratos com as empresas que executarão obras de terraplanagem, pavimentação asfáltica, drenagem pluvial, sinalização viária e calçadas de acessibilidade. O evento ocorreu no Orquidário de Palmas.

As empresas vencedoras da concorrência pública internacional são a EB Infra Construtora LTDA, representada por Jaime Gueder; Ibiza Construtora LTD, Vinicius Costa de Amorim; e a Construtora Caiapó LTDA, representada por Elson Américo Pereira e Renan Borba Simões.

Esta primeira etapa receberá R$ 108.909.739,14 em investimento. A execução das obras está dividida em lotes, e contemplarão os seguintes locais:

Lote 01 - todas as alamedas internas da Quadra ARNE 64 (508 Norte), na Avenida NS-08 (entre a Av. LO-12 e Av. LO-16), na Avenida NS-10 (entre a Av. LO-14 e Av. LO-16), na Avenida LO-14 (entre Av. NS-08 e Av. NS-10) e na Avenida LO-16 (entre Av. NS-08 e Av. NS-10); na Avenida NS-08 (entre a Av. LO-12 e Av. LO-16), Avenida NS-10 (entre a Av. LO-14 e Av. LO-16), Avenida LO-14 (entre Av. NS-08 e Av. NS-10) e Avenida LO-16 (entre Av. NS-08 e Av. NS-10); nas alamedas internas da Quadra ARNE 63 (506 Norte);

Lote 02 - todas as alamedas da Quadra ARNE 54 (408 Norte); na Avenida LO-12 (entre a Av. NS-08 e Av. NS-06); na Quadra ASR-NE 25 (212 Norte); na Quadra ARS-SE 85 (812 Sul); na Quadra ASR-SE 25 (212 Sul); na Av. NS-10 entre Av. JK e o lançamento no Córrego Brejo Comprido para atender as Quadras ASR-SE 15 (112 Sul) e ASR-SE 25 (212 Sul);

Lote 03 - Quadras T20 e T21 do Setor Taquari;

Lote 04 - Quadras T30, T31, T32 e T33 do setor Taquari.

Nova história

Durante seu discurso, a prefeita Cinthia Ribeiro enalteceu todo o trabalho da gestão para que esse momento chegasse. “Vamos atender antigas demandas da população. Temos moradores que há 20 anos esperam pelo asfalto na porta de suas casas”, destaca ao lembrar a situação vivida pelos remanescentes do Povoado Canela, que desde 2000 residem na Arne 64.

A gestora também destacou a solicitação feita para as empresas de que deem preferência para a contratação de mão de obra local. “Queremos uma economia mais forte. Pais e mães dando uma vida melhor para suas famílias”, informou ao finalizar que o momento é de trazer dignidade para as pessoas que moram nas regiões que serão contempladas com as obras.

Para a dona de casa Vani Rodrigues Araújo, 52 anos, que reside na Arne 64 desde 2000, o momento é de celebração. “Agora vejo que os impostos pagos trarão benefícios para a minha comunidade. Escutamos muitas promessas ao longo dos anos, e chegar a esse dia como testemunha é muita emoção para mim”, enalteceu.

O mesmo sentimento é compartilhado pelo aposentado Jaime Rodrigues Lima, de 71 anos. “Estou confiante de que teremos uma nova vida. Agora o momento é de pensar no futuro e esperar que o drama da lama e poeira fique só na memória”, comemora o aposentado.

Filho de Joaquim Batista de Araújo, de 94 anos, o agente de merchandising Almir Batista de Araújo, de 59 anos, lembra da luta de seu pai na espera por melhorias na Arse 64. “Meu pai nasceu no Povoado Canela, onde hoje é Lago de Palmas. Lembro que no dia 8 de agosto de 2001, às 9h45, deixamos o povoado para viver uma nova história. Prometeram por anos e anos muitos benefícios, que só agora chegaram. É um sonho realizado”, narra.

Ainda conforme o agente, ele estava decidido a vender sua casa, mas agora desistiu e pretende continuar na quadra. “Assim como eu muita gente também fará a mesma coisa. Temos amor por onde moramos”, finaliza.

Moradores do Jardim Taquari também compareceram ao evento e fizeram festa com a chegada das boas novas. A presidente da Associação dos Moradores do Jardim Taquari, Eliane Marinho, 34 anos, informa que já são 19 anos que ela espera pela chegada do asfalto. “Chega de sofrimento com tanta poeira e lama. Agora o momento é de celebrar junto às mais de 20 mil pessoas que moram no Taquari. Tenho certeza que o bairro se desenvolverá mais e nossos imóveis serão mais valorizados”, garante.

Início das obras

Após a assinatura dos contratos com as empresas vencedoras do certame, a próxima etapa é a assinatura da ordem de serviço para execução dos lotes desta primeira etapa do pacote de obras, ainda sem data prevista.

As obras serão iniciadas após o fim do período chuvoso, para que a execução aconteça com êxito e sem danos. 

Veja Também