Cadê a fiscalização?

Há postos vendendo combustível adulterado em Palmas, dizem consumidores

21/02/2020 17h04 - Atualizado em 26/02/2020 14h02
Foto: O Coletivo
Mecânico constatou gasolina adulterado no veículo, causando mais de R$ 3 mil de prejuízos

As reclamações tem sido postadas nas redes sociais e relatadas por pessoas conhecidas que já tiveram problemas por causa da adulteração

Quem vive em Palmas provavelmente já ouviu de algum conhecido ou leu alguma postagem nas redes sociais sobre reclamações dos postos de combustíveis da cidade. Vários motoristas estão reclamando de combustível adulterado, o que tem causado grandes transtornos em suas vidas.

Um condutor, que não quis se identificar, procurou nossa reportagem e nos contou que após sua esposa abastecer o carro em um determinado posto, o veículo estragou algumas peças e eles tiveram um gasto de mais de R$ 3 mil para consertar o veículo.

"Quando ela abasteceu a luz do motor ligou e após sair do posto continuou ligada e o carro começou a falhar e engasgar, levamos em uma oficina autorizada e lá nos disseram que teria que trocar dois bicos do motor que estavam estragados, mas mesmo após a troca o problema não foi resolvido", relatou a pessoa.

Segundo o condutor, após sair da oficina o carro ficou falhando e foi preciso voltar ao local novamente, "dessa vez foi preciso outros dois bicos e as quatro bobinas, além das velas, e após análise do mecânico, ele descobriu que as peças tinham estragado porque o combustível estava adulterado, o resultado? Mais de três mil reais de prejuízo", afirmou.

O mecânico que atendeu o casal citado acima, informou que a gasolina tinha sido misturada com água e que isso causa grandes danos ao motor do carro, tais como perda de potência, estragam as peças da bomba injetora, contaminação do óleo, carbonização e depósito de resíduos, podendo até fundir o motor.

 O vendedor Pedro Henrique Santos, 27 anos, também foi vítima de combustível adulterado, ele contou a nossa reportagem que após abastecer seu carro, o veículo começou a falhar, e ao levar na oficina o mecânico o orientou a usar o combustível o mais rápido possível porque estava adulterado e poderia causar algum dano nas peças.

"No meu caso o combustível estava com água e o mecânico me aconselhou a andar mesmo sem necessidade, para poder consumir tudo logo, pois se eu ficasse com a gasolina muito tempo no carro iria ter prejuízos, teria que trocar alguma peça", explicou.

Pedro Henrique disse que já tinha ouvido relatos de amigos e parentes que haviam tido problemas com combustível adulterado, por isso assim que sentiu a diferença em seu veículo resolveu procurar um mecânico. "Conheço muitas pessoas aqui em Palmas que já tiveram o mesmo prblema que eu, ainda tive sorte porque consegui resolver antes de prejudicar alguma peça, mas as pessoas que conheço não, gastaram muito para arrumar os carros e isso é um absurdo, porque está acontecendo frequentemente e ninguém faz nada", afirmou.

Para Pedro Henrique, a ANP e o Procon, órgãos responsáveis pela fiscalização dos postos, deveriam fazer uma vistoria em Palmas para verificar a qualidade dos combustíveis que estão sendo comercializados. "Vejo várias pessoas reclamando e nada da ANP ou o Procon tomar providências e se tomam, ninguém fica sabendo, continuamos tendo transtornos, seja financeiros ou de perda de tempo para levar os veículos para as oficinas para serem avaliados, eles precisam agir, não dá para ficar desse jeito, tem que haver fiscalização contínua", finalizou.

Conheça cinco sinais de que o combustível é adulterado:

1. Luz de alerta do motor

Quando a luzinha de alerta no painel com desenho de motor acende, ela indica alguma anomalia no sistema de injeção eletrônica, o combustível pode ser umas das causas. Esse sistema, que controla a admissão de combustível e calcula a porcentagem de mistura com ar, pode ter problemas para lidar com etanol ou gasolina adulterados. Assim, a luz pode aparecer no painel e se manter acesa.

Claro que não é a única coisa que a leva a se acender. Mas, se isso acontecer logo depois que você abasteceu o carro, a razão pode ser uma gasolina ou etanol contaminado com algum outro produto.

2. Aumento de consumo

Outro sinal de que o combustível é adulterado é quando o consumo do carro aumenta. Se você abasteceu em um posto novo, no qual não costuma ir, e notou que o líquido acabou com mais rapidez que o normal, mesmo sem ter rodado mais que o costume com o carro, pode ser esta a razão.

3. Óleo contaminado

Se o óleo que saiu do cárter estiver contaminado, com mudanças nas características esperadas, também pode ser por causa do combustível adulterado. Neste caso, pode ser pela gasolina com solventes ou etanol com água demais.

4. O carro perde performance

Caso o veículo pareça menos potente do que o normal, esse é outro sinal de que o posto utilizado deve ser olhado com desconfiança. Lembrando que, para todas essas dicas, pode existir mais de uma razão para o problema. Por isso, é sempre bom procurar uma oficina especializada para analisar o veículo.

5. Carro “tosse” ou “engasga”

Se o carro engasgar, ou seja, dar pequenas falhas nas quais parece que o motor vai morrer, também é sinal de o combustível no tanque pode estar adulterado.

 

Veja Também