Em Palmas

Vereador Milton Neris reclama da falta de médicos e defende servidores da saúde

21/02/2020 08h28 - Atualizado em 21/02/2020 08h44
Foto: Divulgação

Na manhã de quinta-feira,20, o vereador Milton Neris (Progressistas) usou a tribuna da Câmara para ressaltar acerca dos desafios enfrentados pela população, na área da saúde pública municipal. Além disso, solicitou que o Poder Executivo realize o pagamento dos direitos dos servidores da saúde.

O vereador contou que a população clama por melhorias na área, falta de medicamentos, de médico entre outros, estão entre as demandas. “Por que a Prefeitura não abre mão do Carnaval e coloca recurso para garantir mais médico para quem vai 5h da manhã buscar uma ficha e não consegue?", indagou.

Além disso, o vereador explicou que a decisão que está sendo tomada, quanto a aplicação de recursos, não está levando em conta quem está lá na ponta. "Não tem médico, não tem remédio e as pessoas não tem dinheiro para comprar. Eu sonho com uma saúde que vai além, além de exames e procedimentos limitados pelo SUS. Sem dinheiro não faz isso. O problema é que está faltando gestão", argumentou.

Por fim, Neris chamou atenção acerca do relatório apresentado pela Prefeitura que mostra um montante de R$ 96 milhões de superávit, enquanto os servidores não receberam a equiparação salarial. "São R$ 18 milhões, tem o dinheiro na conta, o percentual é de 47%, mas podemos chegar a 51,3%. Dessa vez não tem desculpa, é o dinheiro na conta dos servidores, se puderem pague tudo, porque tem dinheiro e margem no limite potencial", solicitou.

O vereador cobrou também a realização das cirurgias eletivas, para atender a necessidade de inúmeros pacientes que aguardam há anos na fila. 

Veja Também