Em Palmas

Vereador Milton Neris chama ex-prefeito de "Nabucodonosor"; saiba os motivos

18/06/2019 17h19 - Atualizado em 18/06/2019 19h20
Foto: Aline Batista

Quem acompanha as sessões ordinárias da Câmara de Palmas vê que o vereador Milton Neris (PP) sempre que fala do ex-prefeito, Carlos Amastha (PSB) o chama de "Nabucodonosor", questionado sobre o motivo, Neris explicou.

Conforme o vereador, Nabucodonosor foi o rei mais poderoso do império babilônico. Ele conquistou o reino de Judá e destruiu Jerusalém,  era arrogante, perseguidor, matava as apessoas e por isso,  o rei se tornou um tirano.

Razão pela qual o vereador compara o ex-prefeito ao rei babilônico. Para Neris, Amastha é tirano, ditador e egocêntrico.

"Ele é uma pessoa que não respeita ninguém, passa por cima de todo mundo, não respeita a lei. Destruiu os sonhos de muita gente, os ambulantes foram cerceados de trabalhar, destruiu sonhos na avenida Tocantins com a imposição de uma proposta que não atende o anseio de ninguém, sem projeto, sem nada", afirmou.

Neris disse ainda que "a única diferença entre eles (Amastha e Nabucodonosor) é que um vive num parlamento, num regime democrático, não é mais a palavra de um rei que vale, mas ele (Amastha) se acha o cara, por isso o povo deu a ele o cartão vermelho", finalizou.

Biografia de Nabucodonosor

Nabucodonosor II foi um importante imperador babilônico que governou entre os anos de 604 a.C. e 562 a.C. Se mantendo no poder por 42 anos.

Filho do rei Nabopolasar, nasceu em 632 a.C. e morreu em 562 a.C.
 

Veja Também