Operação Catarse

Polícia Civil cumpre novos mandados em investigação contra servidores fantasmas

15/03/2019 10h19 - Atualizado em 15/03/2019 10h51
Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, 15, a Polícia Civil, através da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Região Norte, de Araguaína, está cumprindo mais quatro mandados de busca e apreensão relacionados à Operação Catarse, que visa à investigação de crimes de peculato contra a Administração Pública Estadual por ex-servidores contratados temporariamente, mas que não exerciam regularmente suas funções ("funcionários fantasmas").

Os mandados estão sendo cumpridos em endereços particulares do referido município. De acordo com o delegado José Anchieta de Menezes, os suspeitos são ex-servidores que trabalhavam na Secretaria Geral do Governo e foram exonerados em 31 de dezembro de 2018.

A Operação Catarse foi iniciada em 6 de dezembro de 2018 e, desde então, vários mandados já foram cumpridos na Capital, Paraíso do Tocantins e em Porto Nacional.

Por: Cláudia Santos/Governo do Tocantins

Veja Também