Barcelona 5 x 1 Lyon

Barcelona goleia o Lyon e se classifica na Champions

14/03/2019 08h53 - Atualizado em 14/03/2019 08h55
Foto: Divulgação

Com dois gols e duas assistências, Messi foi decisivo na vitória do Barcelona sobre o Lyon, por 5 a 1, nesta quarta-feira, pelas oitavas da Liga dos Campeões. Piqué, Philippe Coutinho e Dembélé também marcaram, enquanto Tousart descontou para os franceses.

Os catalães fizeram um primeiro tempo superior, mas os franceses equilibraram as forças na segunda etapa. A grande atuação do craque argentino, porém, desequilibrou e foi determinante na classificação para as quartas de final da competição, pela 12ª temporada seguida, um novo recorde.

Cavando a vaga
O Barcelona começou a partida cauteloso, valorizando a posse de bola e esperando o momento certo de atacar. Suárez invadiu a área, driblou Denayer e foi derrubado. O juiz apontou o pênalti. Messi, em linda cavadinha, efetuou a cobrança e abriu o placar. Esse foi o gol de número 61 do argentino em 61 jogos na Liga dos Campeões no Camp Nou. 

Coutinho deixa o dele
Com o gol, o Barcelona assumiu o controle e foi dominando os espaços. Bem em campo, Suárez fez bonita jogada, invadiu a área e tocou para Philippe Coutinho. Sem goleiro, o brasileiro só empurrou para ampliar e quebrar um jejum de cinco meses sem marcar em competições europeias.

O cenário piorou para o Lyon, pois, machucado, o goleiro Anthony López foi substituído.

Diminuiu!
O Barça quase ampliou, no início do segundo tempo, com Messi, após boa jogada de Arthur. Porém, quem marcou foi o Lyon. Após cobrança de falta, a zaga do Barça não afastou e, no bate-rebate, a bola sobrou para Tousart diminuir e marcar seu primeiro gol na história da Champions. O VAR, depois de alguns minutos, atestou o tento.

Decisivo
O gol aumentou a confiança do Lyon, que passou a atacar e a pressionar o Barça. Messi, porém, decidiu, em um momento em que o clube francês estava melhor. O argentino invadiu a área, driblou dois marcadores e marcou um golaço. Minutos depois, deu duas assistências para os gols de Piqué e Dembélé, que sacramentaram a classificação.

Fonte: Lance

Veja Também