Palmas - TO sábado, 20 de abril de 2019

Confira a Coluna Ponto a Ponto do jornal O Coletivo desta semana

04/02/2019 13h27 - Atualizado em 04/02/2019 13h37
Foto: divulgação

Aumento na tarifa

Após divulgado pela imprensa de que a tarifa do transporte coletivo da Capital poderá subir R$ 0,25 centavos, passando de R$ 3,75 para R$ 4,00, os usuários do transporte público não gostaram nada da novidade e um abaixo-assinado online foi criado para tentar pressionar a prefeita, Cinthia Ribeiro, a não aceitar o aumento pedido pelas empresas responsáveis pelo transporte urbano de Palmas.

Absurdo

O autor do abaixo-assinado, Diogo Lima, disse que, “é um absurdo o aumento da passagem sem que haja melhoria no serviço. Os usuários de ônibus são desrespeitados diariamente e o sistema tem problemas muito sérios. São anos de descaso e de tarifas altíssimas”.

Péssima qualidade

Segundo Diogo, se o usuário do transporte coletivo ficar calado e permitir esse aumento estarão legitimando a péssima qualidade do serviço que é tão fundamental.

Não aceitaremos

“Vamos mostrar que não aceitaremos mais aumentos acima da inflação, sem auditoria das contas das empresas de ônibus e controle de qualidade pelos cidadãos. Nas redes e na rua! Pressione já!” Ressaltou.

Repercussão

A repercussão do reajuste foi grande nas redes sociais. Até o fechamento desta edição o abaixo-assinado contava com 1.600 assinaturas.

Do mesmo jeito

Jocirlei Ribeiro de Castro escreveu no comentário da petição online: “não concordo com o aumento da passagem, pois a cidade continua do mesmo tamanho”. Ou seja, o trajeto continua o mesmo e o diesel ficou mais barato. E a situação dos ônibus continua do mesmo jeito. Sempre cheios.

Já é caro

O internauta Ederson Wagner Brandão também comentou: “estou assinando porque R$ 3,75 já é caro, imagina mais que isso”.

Seturb

O reajuste na tarifa ainda não está definido. A solicitação do Seturb será analisada depois de muitas reuniões pelo Conselho de Transporte.

Inspeção

Na última sexta-feira, 01, o governo do Estado realizou nova inspeção visual da superestrutura da ponte de Porto Nacional, para esclarecer a população geral sobre as reais condições de segurança da obra. A inspeção ocorreu em pontos nos quais a população divulgou fotos e filmagens nas redes sociais. A inspeção foi realizada em parceria com policiais militares do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED) e do Corpo de Bombeiros. 

Veja Também