Palmas - TO sábado, 15 de dezembro de 2018

Modric dispara: "Viram que futebol não é só gol"

Melhor do mundo

06/12/2018 10h10 - Atualizado em 06/12/2018 14h09
Foto: Divulgação

Jogador que deu fim a era Cristiano Ronaldo e Messi, que já durava dez anos, na Bola de Ouro, Luka Modric fez uma análise da trajetória. Em entrevista para a Revista “GQ”, que será publicada em janeiro de 2019, o camisa 10 do Real Madrid agradeceu as premiações e desabafou, dizendo que os grandes craques não são, necessariamente, aqueles que só marcam gols.

Isso seria uma indireta para quem coloca em dúvida a sua escolha, pelo baixo número de tentos gols marcados por ele em relação a nomes como Cristiano Ronaldo, Messi ou Antoine Griezmann.

“Eu fico feliz que as pessoas tenham, enfim, reconhecido tudo o que eu consegui na minha carreira esportiva. Ainda que seja verdade que eu precisasse ter ganhado tantas coisas para isso acontecer, ganhar três Champions seguidas e levar um país tão pequeno, como a Croácia, para a final do Mundial. Era algo quase inimaginável. Só então os outros deram conta de que o futebol não é só gols, gols e gols”, disse.

Desde 2008, apenas Messi e Cristiano Ronaldo conquistavam o prêmio, com cinco vezes cada um. Na última temporada, Modric fez apenas dois gols pelo Real Madrid e repetiu o número de redes nos sete jogos disputados na Copa do Mundo da Rússia.

“Foi um percurso longo e duro, mas é isso que me deixa feliz. Todos os prêmios, como o The Best (da Fifa) ou a Bola de Ouro, são melhores ainda quando se está consciente de que ninguém te deu nada. Nada me foi dado, tudo o que eu consegui foi graças ao trabalho”, afirmou o atleta.

Fonte: Extra

Veja Também