Palmas - TO sábado, 15 de dezembro de 2018

Primo de Aécio Neves assume governo do Rio

29/11/2018 15h24 - Atualizado em 29/11/2018 15h33
Foto: Divulgação

Aos 83 anos, Francisco Dornelles (PTB) assumirá o governo do Rio de Janeiro após a prisão do governador Luiz Fernando Pezão (MDB) na manhã desta quinta-feira (29). Ex-ministro de José Sarney e de Fernando Henrique Cardoso, Dornelles é sobrinho do ex-presidente Tancredo Neves e primo de segundo grau do deputado federal eleito Aécio Neves (PSDB/MG).

Pezão é o terceiro governador do Rio de Janeiro preso e o primeiro em cumprimento do mandato. Os ex-governadores Anthony Garotinho e Sergio Cabral foram presos. Também foram detidos, anteriormente, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (MDB) e vários parlamentares da Casa.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

A prisão preventiva é parte do braço fluminense da Operação Lava Jato e foi autorizada pelo ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A operação é baseada na delação premiada de Carlos Miranda, operador financeiro do ex-governador Sérgio Cabral, que está preso. Miranda acusa o atual chefe do Executivo de receber do esquema uma mesada de R$ 150 mil de 2007 a 2014. O delator acrescentou que a propina a Pezão, na época vice-governador, incluía décimo terceiro salário e dois bônus, cada qual no valor de R$ 1 milhão.

Fonte: Revista Fórum

Veja Também