Palmas - TO quinta, 15 de novembro de 2018

Obras de revitalização do Projeto São João estão previstas para outubro

Em Palmas e Porto Nacional

14/09/2018 12h50 - Atualizado em 14/09/2018 12h58
Foto: Elcio Dias
Participação dos produtores com a sugestão de principais demandas foi garantida durante reunião.

Produtores do Projeto de Irrigação São João, localizado entre Palmas e Porto Nacional, equipe gestora da Secretaria da Fazenda e do Planejamento do Estado do Tocantins (SUBPLAN) e representantes da empresa executora das obras de automação do projeto se reuniram na manhã desta sexta-feira, 14, na subsecretaria de planejamento para discutir detalhes da revitalização do São João. A previsão é que na segunda quinzena de outubro as casas de maquinas já recebam as primeiras melhorias. A ordem de serviço foi assinada em julho e prevê investimento de cerca de R$ 5 milhões do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), do Banco Mundial.

“Iremos desenvolver as atividades em etapas, o pessoal do distrito, vai nos apresentar os pontos mais críticos das casas de maquinas e estabeleceremos um cronograma que vai atender duas casas por mês. Nesta etapa inicial será feito um planejamento para não pararmos todas as casas e não prejudicarmos a produção. A ideia é a gente conseguir no final de outubro dar início das atividades de manutenção”, destacou Lucas Coelho, diretor comercial da empresa responsável pelas obras.

Gustavo Castelo Branco, produtor de banana e representante dos produtores do São João lembrou que o dialogo aberto e a transparência na execução dos trabalhos garante maior confiança entre os envolvidos no processo. “Começando dessa maneira envolvendo produtores, Estado e a empresa que vai prestar o serviço é a melhor forma de conduzirmos as obras, de maneira transparente e que integra os produtores. A gente conhece o projeto melhor que ninguém, moramos lá dentro, então é mais fácil para indicar os pontos de maior dificuldade para termos um melhor resultado lá na frente”, ressaltou o produtor.

De acordo com subsecretario de planejamento e orçamento Sergislei Silva Moura, esses recursos vão garantir a revitalização da parte de infraestrutura e irrigação do São João. “Nosso objetivo é finalizar as obras e entregar as melhorias para que os produtores possam gerenciar o projeto de forma autônoma”, explicou.

O Projeto

O Projeto São João prevê o suprimento de água, garantindo a produção de fruticultura irrigada. Iniciado em 2001, o projeto já recebeu mais de R$ 265 milhões em investimentos. Tem tecnologia avançada de irrigação por gotejamento e microaspersão, para a produção de hortifrutigranjeiros e frutas em 326 lotes para pequenos produtores e 37 empresariais.

Dos 3.654 hectares de área irrigada e potencial de produção de até 40 toneladas de alimentos por hectare, atualmente o São João produz em apenas 1.000 hectares com culturas de abacaxi, banana, melancia, mandioca, maracujá e manga.

Veja Também