Palmas - TO sábado, 26 de maio de 2018

Árbitro sérvio é preso após marcar pênalti inexistente

Futebol

16/05/2018 08h55 - Atualizado em 16/05/2018 08h57
Foto: Divulgação

O árbitro sérvio Srdjan Obradovic foi preso por marcar um pênalti inexistente durante uma partida do campeonato local entre Spartak Subotica e o Radnicki Nis, no último domingo (13). A polícia informou que deteve o juiz por "cometer ato criminoso usando de sua posição oficial"

Na partida, o Spartak venceu o jogo por 2x0 em duelo de mata mata. O jogo foi marcado pela tensão, pois as duas equipes brigavam por uma vaga na Liga Europa. O erro do juiz foi clamoroso: o jogador do Spartak chuta a bola no chão, que bate no calcanhar do adversário dentro da área. O árbitro viu mão na bola e marcou o pênalti, revoltando o time do Radnicki Nis.

Ameaça
A Associação de Árbitros Italianos fez uma denúncia depois de ter recebido uma ameaça via correio. Um envelope com balas de pistola dentro foi enviado à entidade e de acordo com o presidente Marcello Nicchi, o vice-presidente Narciso Pisacreta e Nicola Rizzoli, conceituado juíz do futebol do país também foram vítimas.

Em nome da Associação, o presidente do organismo afirmou se tratar de um comportamento inaceitável. Segundo Nicchi, a violência verbal contra os árbitros conta ainda com a consequência causada após a introdução do VAR , o árbitro assistente de vídeo.

"Este é um assunto para a Justiça e para o Governo. Houve um jornalista profissional que disse num programa: ‘Eles [árbitros] declararam guerra às pessoas. Numa guerra não se combate com apitos, mas com tiros. Não podemos permitir que eles arbitrem’. Isto é a consequência disso", afirmou o presidente. "Você pode imaginar Cristiano Ronaldo ou Lionel Messi, ou qualquer outro jogador, terminando no tribunal por ter cometido um erro ou erro presumido?", questionou.

Suspensão

O árbitro Tony Chapron foi suspenso por três meses de suas funções, anunciou o Comitê Disciplinar da Liga de Futebolistas Profissionais da França (LFP). O juiz de 45 anos de idade agrediu o jogador brasileiro Diego Carlos durante uma partida entre Nantes e Paris Saint-Germain (PSG), pela 20ª rodada do Campeonato Francês.

Fonte: iG 

Veja Também