Palmas - TO sexta, 21 de setembro de 2018

Corpo de Bombeiros realiza vistorias na Operação Tocantins Mais Seguro

No Estado

13/03/2018 10h15 - Atualizado em 13/03/2018 10h16
Foto: Divulgação

Sargentos alunos do Curso Especial de Habilitação de Sargentos do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) realizaram no último sábado, 10, a Operação Tocantins Mais Seguro. A ação faz parte do estágio da disciplina Segurança Contra Incêndio e Pânico do curso.

“Essa operação teve como objetivo levar e ensinar os alunos que não têm experiência com os serviços técnicos para realizarem a vistoria in loco e, assim, colocar em prática aquilo que eles aprenderam na grade curricular. Elaboramos essa ação juntamente com a Diretoria de Ensino para que, praticamente, zerássemos as nossas vistorias”, disse o capitão do CBMTO, Carlos Roberto de Almeida, responsável pela disciplina.

De acordo com o capitão, foram utilizadas 11 viaturas para as 45 vistorias realizadas em Palmas e Luzimangues. “Foram também realizadas vistorias solicitadas pelos estabelecimentos e o documento que o Corpo de Bombeiros fornece - a chamada Certidão de Regularidade, somente é disponibilizado após a aprovação. Cada edificação exige um tipo de sistema de proteção”, explicou o capitão complementando que as vistorias foram feitas em estabelecimentos comerciais, multifamiliares (residenciais) e também em indústrias.

“A disciplina foi muito proveitosa e os alunos como um todo tiveram a oportunidade de ter uma visão mais ampla sobre a segurança contra incêndio e da importância dela para a sociedade”, falou.

Curso

Iniciado no último dia 26 de fevereiro, o Curso Especial de Habilitação de Sargentos, possui duas turmas com um total de 60 alunos entre 3° sargentos e cabos. Ao todo, serão 330 horas aulas, com formatura prevista para o dia 19 de abril.

“O curso tem a finalidade de trabalhar e habilitar os cabos e sargentos da corporação ao prosseguimento da carreira, por isso aproveitamos o ensejo para trazer novas técnicas e conhecimentos e atualizar o conteúdo que os nossos bombeiros já possuem”, disse o major Thiago Franco Santana, coordenador pedagógico da Diretor de Planejamento, Ensino e Pesquisa, informando que essa segunda etapa trata-se da parte prática do curso, onde são ministradas matérias operacionais no espaço da academia do Corpo Bombeiros. 

Veja Também