Palmas - TO quarta, 21 de fevereiro de 2018

Semana da Diversidade Sexual é debatida na DPE com líderes GLBTs

Em Palmas

09/02/2018 17h43 - Atualizado em 09/02/2018 17h46
Foto: Loise Maria / Ascom DPE

Com o intuito de debater as pautas da comunidade LGBT, líderes de movimentos sociais representativos da classe estiveram nesta sexta-feira, 9, na sede da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), em Palmas. Eles foram recebidos pela defensora pública Letícia Amorim, coordenadora do Núcleo Aplicado das Minorias e Ações Coletivas (NUAmac Palmas). Entre os temas discutidos esteve a realização da Semana da Diversidade Sexual.

A proposta da Semana é focar em ações contra o preconceito e com o intuito de dar visibilidade às causas de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, intersexuais, assexuais e militantes do movimento. Na ocasião, a Defensora Pública colocou a Instituição à disposição para possíveis parcerias, como o atendimento jurídico durante a realização do evento, como já ocorreu em edições anteriores.

A reunião na DPE contou com a participação de membros da Comissão Organizadora da Semana de Diversidade Sexual, composta por representantes da Associação das Travestis e Transexuais do Tocantins (Atrato) e Instituto Equidade do Tocantins, e ainda, da vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins (OAB-TO), a advogada Nayara Ayres.

Além da Semana da Diversidade Sexual, foram debatidas outras pautas de interesse comuns, como o Plano Municipal de Direitos Humanos, casos de suicídio e homofobia, atendimento em saúde, garantia da utilização do nome social para as pessoas trans, questões de adoção e união estável para casais homoafetivos, dentre outros assuntos.

Veja Também