Palmas - TO quinta, 21 de junho de 2018

Palmas ganha primeiro Cmei bilíngue

08/01/2018 17h30 - Atualizado em 08/01/2018 17h33
Foto: divulgação
Arso 32 recebe primeiro Cmei bilíngue de Palmas, o João e Maria

Com projeto pedagógico diferenciado, o prefeito Carlos Amastha entregou à comunidade nesta segunda-feira, 8, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) João e Maria, na Quadra Arso 32, em Palmas. Além da estrutura nova e totalmente adaptada, o Cmei será a primeira unidade de educação infantil a oferecer educação bilíngue, com iniciação em língua inglesa, aos 456 alunos que serão atendidos a partir de 5 de fevereiro deste ano. Além disso, serão oferecidas aulas de balé e judô.

 A nova unidade conta com oito salas de aula, cinco banheiros infantis, um banheiro adaptado para pessoas com deficiência, três banheiros adultos, uma cozinha, um lactário, uma sala de repouso para servidores, uma lavanderia, um refeitório, um bloco administrativo com sala de orientação, sala de supervisão, sala de direção/financeiro, secretaria e sala dos professores.

 No local, as crianças serão assistidas por equipe educacional multiprofissional durante dez horas de atividade diárias e cinco refeições distintas, elaboradas por nutricionista para garantir 70% das necessidades nutricionais das crianças.

Para sua construção, foram investidos R$ 2.402.986,64, sendo R$ 2.046.200,62 recursos provenientes do município e R$ 356.786,58 do Fundo Nacional De Desenvolvimento Da Educação (FNDE).

Projeto pedagógico

O nome da escola foi selecionado a partir de votação feita com a comunidade vizinha à escola. Além disso, a escola possui painéis e brasão temáticos ilustrados com o lobo-guará, animal ameaçado de extinção, mascote da unidade.

Com uma ampla área verde, o Cmei João e Maria tem uma grande área verde com vários ambientes temáticos para atividades com os alunos ao ar livre, a exemplo de duchas interativas, pergolado com almofadas e cachoeira, casinha de João e Maria, lago com peixes ornamentais, ateliê de artes, musicalidade, robótica, cozinha experimental.

A diretora da unidade, Tatiane Guida, ressaltou ainda que o projeto pedagógico do Cmei João e Maria também vai trabalhar de conceitos de sustentabilidade no ambiente escolar. “Trabalharemos projetos sustentáveis. Vamos fazer a implantação de placas de energia solar, serão cerca de 20 placas para produção de energia fotovoltaica. Além disso, o Cmei tem uma bomba para o reaproveitamento de água de chuva e dos aparelhos de ar-condicionado. Este trabalho vai envolver os alunos, que vão conhecer toda nossa área de jardinagem e esse sistema de reaproveitamento de água que vai reforçar nossa proposta de educação sustentável”, garantiu Tatiane Guida.

Investimento: Educação Infantil

O Cmei João e Maria é a 29ª unidade infantil já entregue em Palmas. A partir de março deste ano a previsão é que pelo menos sete dos oito novos Cmeis em obras sejam entregues. Estas novas unidades de educação infantil oferecerão cerca de 3.500 vagas que serão distribuídas de acordo com a demanda das áreas em que serão entregues, sendo elas Santo Amaro, Setor Bertaville, Jardim Aureny I, Jardim Aureny III, Arse 102, Arse 111 e Arse 142. Em todas estas obras serão investidos, segundo o secretário municipal de Educação, Danilo de Melo, cerca de R$ 13 milhões, através de convênio com o Ministério da Educação (MEC) em seis delas com contrapartida de 40% desse valor oriundo do tesouro municipal.

“Essa gestão tem um projeto de educação que não se limita há muito tempo em oferecer local seguro e alimentação para crianças. Esse é um projeto social muito abrangente, que dará resposta a longo prazo muito satisfatório à sociedade”, disse Melo, elogiando a colaboração e empenho dos profissionais envolvidos na gestão da educação municipal.

Na ocasião, o prefeito Carlos Amastha reforçou a qualidade do planejamento e da proposta pedagógica do Cmei. “A grande procura da classe média e alta no ensino público de Palmas não é uma realidade no Brasil e tem demonstrado que a educação pública está respondendo com muita qualidade e se tornou na melhor opção para o ensino básico. Quem conhece essa estrutura sabe que elevamos ao máximo patamar o atendimento como na parte do ensino com uma proposta avançada”, afirmou Amastha, garantindo que crianças de baixa renda não terão sua vaga preterida.

“O sistema é democrático. O direito de acessar educação pública de qualidade é de todos, mas o critério de renda e o critério social são garantidos por lei, depois vem o sorteio e a fila que funciona muito bem. Quem está nesta fila está garantida”, reafirmou.

Matrículas

As matrículas para o Cmei João e Maria serão preenchidas de acordo com a sequência no Sistema Online de Cadastro da Educação Infantil (Socei), realizado no período de 16 a 30 de novembro de 2017. A classificação dos alunos no Socei será divulgada pela Secretaria Municipal da Educação no próximo dia 15 de janeiro de 2018.

Os pais ou responsáveis terão cinco dias úteis para efetivar as matrículas e devem ficar atentos à relação de documentos necessários: originais e cópias do CPF e RG dos pais; comprovante de residência recente com CEP; certidão de Nascimento ou RG da criança; cartão de vacina atualizado; cartão SUS; três fotos 3x4; documentos comprobatórios dos dados informados no Socei para as crianças que informaram algum critério especial como Bolsa Família, necessidades especiais e outros.

Confira mais fotos da inauguração do Cmei aqui:

 

Veja Também