Palmas - TO quarta, 17 de janeiro de 2018

Delegação de militares do TO traz medalhas da Corrida de São Silvestre

Em São Paulo

05/01/2018 11h56 - Atualizado em 05/01/2018 12h00
Foto: divulgação

No último domingo, 31, foi realizada a tradicional Corrida de São Silvestre em São Paulo e um grupo de militares tocantinenses marcaram presença na 93ª edição. Três policiais militares, um bombeiro militar e o filho de um policial militar partiram de Araguaína rumo a São Paulo, na expectativa de participarem da corrida internacional. Eles firmaram o compromisso de representar bem os corredores profissionais e amadores do Tocantins e cumpriram muito bem a promessa.

Os quatro militares, o tenente Francisco Teles Costa, de 56 anos, o sub tenente Lucivaldo Alves Guida, de 48 anos, o sub tenente Márcio Greyk da Costa, de 38 anos e o soldado Antônio Saraiva de Araújo, de 52 anos, retornaram com suas respectivas medalhas na bagagem. Acompanhando o grupo de militares, o filho do tenente Teles, Áthila Cavalvante Teles, de 25 anos, teve participação especial no seleto grupo da elite de atletas do mundo.

Esta é a 11ª medalha conquistada pelo soldado Saraiva, a 8ª do Tenente Teles, a 7ª do Sub Tenente Greyk, a 1ª do sub tenente Guida e a 7ª do Áthila, sendo esta especial por ocasião da sua excelente classificação final na corrida. Além de retornar com a sua medalha no peito, Áthila conseguiu o feito de chegar na 26ª colocação geral da prova, sendo o 10º brasileiro e 1º tocantinense a cruzar a linha de chegada.

O tenente coronel João Márcio Costa Miranda, comandante do 2º BPM, demonstrou bastante satisfação com a participação da família militar na corrida. “Parabéns a todos os militares que galgaram suas medalhas internacionais nesse importante evento do atletismo internacional brasileiro. Podem contar sempre com o apoio da nossa Unidade Militar”, disse.

O tenente Teles destacou a excelente atuação da delegação informal da família miliciana araguainense. “Realizamos um feito bastante expressivo, uma vez que todos trouxeram suas medalhas e o Áthila chegou à frente de atletas que têm treinamentos e preparações de ponta, sendo que ele realiza seus treinamentos no decorrer do ano sem a mesma estrutura especial de muitos que chegaram depois dele”, ressaltou.

O jovem demonstrou muita satisfação por ter levado o nome de Araguaína dentro dos 26 melhores atletas do mundo na prova, dentro dos 10 melhores brasileiros e melhor entre os tocantinenses e ressaltou a importância de ter o apoio de empresários tocantinenses para que ele possa ter condições de competir de igual para igual com os demais atletas de ponta e assim poder melhorar a sua marca de tempo, sonhando em conquistar o pódio na São Silvestre de 2018.

“Tenho grande esperança de conseguir um bom patrocinador, para que eu possa representar ainda melhor a nossa Cidade e o nosso Estado nas próximas competições nacionais e internacionais que eu competir”, destacou Áthila. 

Veja Também