Palmas - TO quarta, 17 de janeiro de 2018

PGR reforça Lava Jato no Rio de Janeiro

29/12/2017 09h14 - Atualizado em 29/12/2017 09h15
Foto: Divulgação

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, autorizou, nesta quarta-feira (27), mais uma medida que tem o propósito de reforçar o trabalho de combate a crimes como corrupção e lavagem de dinheiro no Rio de Janeiro. Dogde assinou portaria que inclui o procurador da República Stanley Valeriano da Silva na Força-Tarefa da Lava Jato com atuação no Estado. De acordo com o documento, que ainda será publicado no Diário Oficial da União (DOU), o procurador lotado na cidade de Campos dos Goytacazes, no interior do Rio, atuará de forma exclusiva nos casos que integram o acervo da FT pelo período de um ano.

A indicação de Stanley Valeriano para a força-tarefa soma a outro reforço oficializado recentemente pela PGR para a atuação criminal. No último dia 20, foram publicadas quatro portarias com a indicação de membros que atuarão em Brasília, na Secretaria da Função Penal Originária. Dois deles atuarão de forma exclusiva no Grupo de Trabalho da Lava Jato.

No caso do Rio de Janeiro, o novo integrante da FT se juntará aos nove atuais membros. A força-tarefa do Rio foi criada em junho de 2016. Desde então, mais de 20 ações penais foram enviadas à Justiça. Além do ex-governador Sérgio Cabral, que já foi denunciado 19 vezes pelo MPF, também são alvo dos processos empresários, gestores públicos e operadores de esquemas criminosos como os que atingiram obras públicas como o chamado PAC das favelas e outras obras e serviços públicos.

Veja Também