Palmas - TO sábado, 16 de dezembro de 2017

Rejeitada mudança em projeto que retira benefícios a criminosos

18 a 21 anos

06/12/2017 14h14 - Atualizado em 06/12/2017 14h17
Foto: Divulgação

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) rejeitou, nesta quarta-feira (6), emenda apresentada em Plenário pela da senadora Regina Sousa (PT-PI) ao PLC 140/2017, já aprovado na comissão, que elimina benefícios concedidos a jovens criminosos de 18 a 21 anos.

O projeto já aprovado determina que as regras de atenuante genérica e de contagem do prazo prescricional pela metade deverão ser retiradas do Código Penal (CP) e do Código de Processo Penal (CPP), não mais beneficiando os jovens que cometeram crimes já na maioridade.

Segundo a relatora, senadora Simone Tebet (PMDB-MS), a emenda de Regina busca suprimir do projeto o artigo que tem a sua essência, inviabilizando-o. Por isso, votou pela sua rejeição. O projeto retorna agora para avaliação dos senadores em Plenário.

*Agência Senado 

Veja Também