Palmas - TO quinta, 21 de setembro de 2017

Operação conjunta deflagrada pela Polícia Civil e Polícia Militar resulta na prisão de foragido da Justiça

Em Dianópolis

17/07/2017 08h12 - Atualizado em 17/07/2017 09h58

Uma ação conjunta de combate à criminalidade deflagrada pela Polícia Civil e Polícia Militar, na manhã deste domingo 16, em Dianópolis, resultou na prisão de Carlos Alberto Ferreira Santos, vulgo “Manchinha”, 23 anos de idade. Ele é foragido da Justiça pela prática do crime de estupro qualificado por lesão corporal e foi capturado, mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva, quando se encontrava no Povoado Boa Sorte, zona rural daquele município.

Conforme o delegado regional de Dianópolis e coordenador da operação, Afonso José de Azevedo Lira Filho, Manchinha estava foragido da Justiça ha dois anos, desde que havia cometido o crime em Novo Jardim. “Por meio de investigações, conseguimos obter o paradeiro do indivíduo e, desta maneira, com apoio do delegado Altamiro Pacheco da 1ª DP de Dianópolis e da equipe de policiais militares comandada pelo capitão Tiago Melo, fomos até o povoado Boa Sorte e efetuamos a prisão de Carlos”, ressaltou.

No momento em que foi abordado, Carlos Alberto estava de posse de duas armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 20 e outra espingarda calibre 12, bem como munições dos mesmos calibres e demais objetos, os quais também foram apreendidos.

O delegado regional também informou que o foragido da Justiça possui passagens pela polícia do Tocantins e da Bahia pela prática de vários roubos e furtos nesses dois estados e é considerado de alta periculosidade.
“Além do crime de estupro e dos demais delitos praticados, também apuramos, por meio de investigações que Manchinha, de posse de armas de fogo, estava ameaçando trabalhadores rurais da região e aterrorizando a população em geral inclusive, efetuado disparos nas residências de alguns moradores”, disse o delegado.

Após ser preso, Carlos Alberto foi levado até a sede da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Dianópolis, onde o delegado deu cumprimento à ordem judicial que havia contra ele. O indivíduo também foi autuado em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada, ameaça e resistência à prisão. Em seguida, o foragido foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.  

Por: Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Veja Também