Palmas - TO quinta, 21 de setembro de 2017

Produção de grãos, crédito e logística favorecem avicultura e suinocultura no TO

Na Capital

14/07/2017 10h48 - Atualizado em 14/07/2017 10h49

O panorama e as perspectivas dos setores de avicultura e suinocultura em nível internacional, nacional e regional foram tema de palestra ministrada na tarde dessa quinta-feira, 13, como parte da programação do 2º Congresso e Feira de Tecnologia para Pesca e Aquicultura do Matopiba (Piscishow) e 1º Congresso e Feira de Avicultura, Suinocultura e Lacticínios Agrofamiliar e Empresarial (Avisuleite). Os eventos estão sendo realizados em Palmas até sábado, 15.

A palestra, ministrada pelo diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ariel Antônio Mendes, teve moderação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden). Representando o secretário Alexandro de Castro Silva, o superintendente de Desenvolvimento Econômico, Vilmar Carneiro, enfatizou, na ocasião, a importância e a qualidade das informações trazidas pela Associação.

Ariel Mendes pontuou um cenário otimista para o Tocantins no que diz respeito à avicultura e à suinocultura. “Primeiro, porque é um estado produtor de grãos, e milho e farelo de soja são a base da alimentação de frango e de suínos; além disso, tem uma outra característica importante no Estado que é crédito, com o Banco da Amazônia”, afirmou. Outra vantagem para o Estado, na avaliação do diretor da ABPA, diz respeito à logística. “Hoje, um grande diferencial também é a questão do modal de transporte, tanto para escoamento para o mercado interno quanto para exportação pelos portos do Norte do Brasil”, considerou.

O incentivo do Governo do Estado ao desenvolvimento da agroindústria e da agropecuária também foi destacado pelo palestrante. “O Tocantins tem um Governo do Estado que apoia o setor da agroindústria e o setor pecuário. Então, isso faz uma diferença bastante grande. As perspectivas são boas”, disse, vislumbrando esta região que engloba os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, estados que compõem o Matopiba, como “a nova fronteira para a avicultura e a suinocultura”. “E isso deve acontecer no curto e médio prazo”, adiantou.

Congressos

Intitulada Panorama da Avicultura e Suinocultura no Brasil e no Mundo – Perspectivas para o Tocantins, a palestra de Ariel Mendes é uma das diversas temáticas em evidência nos congressos, que tiveram início na manhã desta quinta-feira e ocorrem simultaneamente no Centro de Convenções Parque do Povo, em Palmas. O Governo do Estado apoia os eventos, por meio do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado (CDE). Além da Seden, estão presentes no estande institucional a Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária e o Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins).

A 2ª Piscishow e o 1º Avisuleite são realizações da revista Cerrado Rural e Federação das Associações Comerciais e Industriais do Tocantins (Faciet) e visam contribuir com o desenvolvimento da produção de proteína animal na região do Matopiba, por meio da difusão de tecnologias para estes setores.

Por: Patrícia Saturno/Governo do Tocantins

Veja Também